Publicidade


Policia prende mulher que aplicou golpe no Padre Marcelo Rossi

O livro chegou a marca de 10 milhões de exemplares vendidos

No ano de 2012, Padre Marcelo se surpreendeu com uma ação contra o livro "Ágape", publicado em 2010. A responsável pela ação na justiça é Izaura, onde alegou que o Padre utilizou trechos o poema "Perguntas e respostas – Felicidade! Qual é?" indevidamente no livro "Ágape".


Veja também:

O livro chegou a marca de 10 milhões de exemplares vendidos. Depois da ação a justiça determinou que o livro fosse retirado de circulação por uma decisão judicial movida por ela. Em 2013, Izaura fez um acordo com a Editora Globo onde recebeu R$ 25 mil numa primeira ação. Em uma nova ação Izaura pediu uma indenização de no valor de R$ 51,6 milhões.

Depois de realizar investigações a Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Propriedade Imaterial (DRCPim), da Polícia Civil, descobriu que Izaura fraudou o registro de um texto e, em processo na justiça, alegou que o Padre Marcelo Rossi havia copiado e usado sem os devidos créditos no livro "Ágape".

A Polícia Civil prendeu Izaura nesta última quinta-feira (9), no Rio de Janeiro e ainda investiga o caso, pois acredita que ela não agiu sozinha e suspeita de duas advogadas, também já presas, tenha participado auxiliando Izaura na aplicação do golpe milionário. O processo tramita na Vara Empresarial do Tribunal de Justiça de Rio.

Postar um comentário

0 Comentários