Se Creres Gospel
Se Creres Gospel
Home Artigos Notícias Quem Somos Testemunhos Opinião Bíblia Sagrada Conheça Se Creres WebRádio Editora

Damares Alves nega que deixará o governo

A atual ministra do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, foi mais uma vez tema da mídia recentemente. De acordo com as informações de um grande veículo de informação, Damares teria pedido para abandonar o cargo junto ao governo de Jair Bolsonaro.

De acordo com a informação o motivo para a suposta saída seria devido as constantes ameaças de morte que vem sofrendo, além de problemas de saúde e do cansaço. “A ministra explicou ao presidente que não tem mais condições físicas e emocionais para suportar por muito mais tempo as demandas que o cargo impõe”, de acordo com a revista Veja.

Após a grande repercussão que a notícia gerou, Damares desmentiu a informação, reforçando que não deixará o cargo. “Informo que não pretendo sair do governo”, disse Damares ao O Globo.

Entretanto a ministra confirmou que vem recebendo ameaças de morte, o que ocasionou na sua mudança de endereço em Brasília, e seguindo orientações do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), tem ficado em um hotel.

Mesmo tendo que passar por essas mudanças para garantir sua segurança, Damares reforça que não deixará o cargo. “Até o dia que o presidente Bolsonaro precisar de mim, entender que eu sou útil, e até minha saúde aguentar”. Ainda explicou que tem pensado mais em sua saúde e no cansaço do que nas ameaças que vem sofrendo.

“Quando fui convidada para ser ministra, já estava pedindo aposentadoria, estava parando por um processo de cansaço, de exaustão”, disse ela.

“O problema não são as ameaças, é o processo de cansaço e exaustão. No momento que estava parando, aceitei. Nenhum ministro está trabalhando menos do que 15h por dia neste governo. De 15h a 18h por dia”, contou.

“Não vou deixar o governo, não. Tenho muita coisa para fazer, para desenvolver”, afirmou a ministra.

Postar um comentário

0 Comentários

Damares Alves nega que deixará o governo - Se Creres Notícias Gospel