Está chegando a hora de decidir o futuro do nosso País para os próximos quatro anos

Home Artigos Notícias Quem Somos Turminha Se Creres Opinião Bíblia Sagrada Estudos WebRádio Editora

Está chegando a hora de decidir o futuro do nosso País para os próximos quatro anos

Bem sabemos que nosso País passa pela maior mobilização cívica da história, nunca em uma eleição para presidente do Brasil foi visto tantas manifestações de apoio ou de repudio aos candidatos que chegaram ao segundo turno, o que tomou ruas por todo Brasil e foram assuntos mais comentados e compartilhados nas redes sociais.

Também não podemos deixar de mencionar as farpas com as trocas de ofensas e acusações, não somente pelos eleitores, mas também entre os dois candidatos, um ringue proporcionado por essas redes sociais, além das acusações por criações de Fake News de ambas as partes.

Com a proximidade das eleições do segundo turno saberemos se todas essas manifestações chegarão ao fim ou será apenas o inicio de um segundo round.

De um lado um candidato polêmico, vítima de uma tentativa de assassinato, rotulado por muitos como fascista e por outros é considerado um fenômeno, esse é Jair Bolsonaro. Talvez o candidato mais controverso da história das eleições brasileira, e que vive uma relação de amor e ódio com a população. Declarado cristão, Bolsonaro, tem como seu slogan de campanha "Brasil acima de Tudo, Deus acima de Todos". Bolsonaro também cita nos debates ou participações em programas o versículo bíblico que está em João 8:32, onde diz “E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”.

Do outro lado um candidato que dispensa apresentação, Fernando Haddad, conhecido pelos seus últimos mandatos, principalmente a frente da cidade de São Paulo, onde assumiu o cargo de prefeito durante quatro anos. No início de sua campanha, Haddad, utilizou a figura do ex-presidente e atual presidiário Luiz Inácio Lula da Silva como carro forte, de início até que pareceu uma ótima estratégia já que Haddad subiu bastante nas pesquisas ao ponto de está no segundo turno, porém no início da campanha para o segundo turno já não estava funcionando muito bem o que foi necessário alterar alguns pontos. A imagem do ex-presidente Lula como presidiário ligado as investigações da Lava Jato tem afastados seus eleitores, e talvez tornando o partido PT o mais odiado e consequentemente rejeitado da história do nosso País.

Uma coisa é certa e concreta, qualquer um que sentar, a partir de janeiro de 2019, na cadeira mais importante do País terá a convicção de que o povo brasileiro acordou, e tem sido participativo acompanhando cada passo dos nossos governantes. E sem sombra de dúvida não irão hesitar em manifestar contra qualquer ação ou conduta que cause algum dano ao povo brasileiro.

Cabe agora saber se o povo está preparado para o novo e duvidoso, ou preferem a certeza de ter mais dos mesmos de sempre.

Que Deus proteja nossa nação.


Postar um comentário

0 Comentários

Está chegando a hora de decidir o futuro do nosso País para os próximos quatro anos - Se Creres Notícias Gospel