Publicidade


Eles querem influenciar as minhas escolhas. Eles quem?

Todos nós sabemos que as pesquisas eleitorais tem como fator principal a manipulação dos votos para atender as necessidades de uma minoria.

Mas quem realmente realiza essas manipulações? Nas eleições de 2018, principalmente para presidente do Brasil, vimos o quanto que a mídia, tais como emissora de televisão, revistas muito conhecidas e a internet buscam interferir no voto de cada eleitor, influenciando com notícias falsas, as conhecidas Fake News.

Vimos também cantores internacionais manifestando seu repúdio a certos candidatos acusando de fascista, nazista entre outros. E fica a pergunta o que uma pessoa que vive em outro país que não tem interesse algum em nossa nação, que não seja realizar seus shows e levar embora caminhões de dinheiros, venha manifestar em uma eleição que ser quer tenha algum conhecimento, no mínimo é muito estranho.

Acredito que como cidadão brasileiro jamais algo, desses tipos mencionados até aqui, deva influenciar no meu voto, pois sabemos que é isso que eles querem. Não acredite que é para o bem do Brasil, mas sim para os seus próprios interesses, e o que fazem é tentar manipular, de qualquer forma, nossos votos. Existe um ditado bem conhecido que diz: "Quem vai pela cabeça dos outros é piolho!".

Até aqui, nesse texto, não manifestei apoio a nenhum candidato e nem estou fazendo campanha, mesmo que guardo fielmente o meu voto do primeiro turno, e digo que, já fui tentado a mudar a minha opinião, mas pensei comigo: “estarei eu sendo fiel aos meus princípios e mantendo minha opinião?”.

Não seria o mesmo de sair de casa para comprar um objeto já sabendo o que escolheria, e no meio do caminho mudar de opinião ha pouco tempo de compra-lo, e após se arrepender de não ter comprado o que já tinha escolhido desde o princípio, e depois ter conviver durante um bom período de arrependimento?

Fica a dica!


Postar um comentário

0 Comentários